Concessão de crédito na nova era dos dados__

Por Breno Costa

A concessão de crédito ao consumidor tornou-se um negócio bem mais atrativo atualmente devido ao excesso de dados disponíveis. Mas é preciso saber lidar com novas visões de mercado que facilitem o processo de organização para gerir e digerir esse enorme fluxo de informações.  

Afinal, as possibilidades para interpretação adequada do perfil do consumidor ganharam um patamar bem mais elevado com o advento do cadastro positivo e o open banking, além do PIX, sistema de pagamento instantâneo do Banco Central.

E isso exige dos conectores de dados e fontes muita organização e agilidade na construção e revisão de modelos, algo que somente uma plataforma integrada conseguirá desenvolver a modelagem adequada.

Concessão de crédito ganha pilar de sustentação: Cadastro Positivo, Open Banking, Dados Alternativos + PIX

Esse tripé de iniciativas formará o pilar de sustentação da nova era de dados no processo de tomada de decisão, aliadas à inclusão de milhares de potenciais clientes no sistema financeiro (devido ao PIX).  É para acompanhar essa movimentação que a Neurotech investe para otimizar e evoluir soluções como o Fit Analytics, o Riskpack e a Neurolake, que ganhou uma versão mais ampla para escalabilidade dos negócios por meio de mais de 300 aplicações dentro da jornada de relacionamento com o cliente.

Casos de sucesso na avaliação do risco de crédito

Um exemplo do seu potencial é ilustrado por um cliente que  necessitava melhorar a concessão do produto, sem impactar na taxa de inadimplência da sua carteira e maximizar sua aprovação. A partir de uma modelagem personalizada realizada, que cruzou dados alternativos, foi possível encontrar dois cenários: a) reduzir em 13,3% as perdas, sem impactar na aprovação; b) Produzir incremento de 23,9% na aprovação, sem aumentar a perda. Com a solução encontrada pela Neurotech, o ganho KS atingiu 54%, com aumento de 9,5 p.p.(pontos percentuais)

O caso permite estimar quão profundo será o impacto nas técnicas de modelagem para análises preditivas de concessão de crédito. Se até o momento as instituições financeiras se queixavam da falta de informação para desenvolverem políticas de diferenciação de taxas que promovessem maior justiça e um fomento mais saudável ao consumo, a partir deste tripé composto por Cadastro Positivo, Open Banking, Dados Alternativos isso muda definitivamente.

Com essa profusão de dados, sai na frente quem for mais eficiente em entender os cenários e desenvolver produtos e serviços adaptados para cada perfil de cliente. Tudo de forma rápida e coordenada.  

Concessão de crédito digital e segura pelo Whatsapp: uma novidade Neurotech

Por isso, as empresas devem se preparar desde já para essa nova realidade que, mais cedo ou mais tarde, vai intensificar uma segmentação no atendimento. Com isso, cada vez mais, as soluções de prateleira serão, em perspectiva às possibilidades deste novo cenário, menos eficientes.

Para se ter uma ideia, em um caso de cobrança, em que o desafio foi maximizar estratégias de acionamento e efetivação de acordos, reduzindo custos e aumento recuperação, foi registrado ROI na ordem de 20 vezes. Para esse cliente, foram cruzadas mais de 15 mil variáveis da Neurolake e customizado o modelo C-Score (produto da Neurolake) baseado no alvo de realização de acordos. 

Assim, cada vez mais os conectores de dados e fontes, além dos motores de decisão, demandarão organização para ter agilidade na construção e revisão de modelos.  Com novos dados constantemente surgindo, somente uma plataforma integrada permitirá a modelagem adequada.

Breno Costa é Diretor de Produtos e Sucesso do Cliente da Neurotech

Gostou deste artigo? Confira mais em nosso blog e compartilhe nas redes sociais!

Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
Email
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Open chat
Estamos online!
Olá 👋🏻
Podemos te ajudar?