Entrevista com Cleiton Marques, BIOLAB__

Como se posicionar frente a uma companhia?

Nesta entrevista, Cleiton, nos contou como foi parar na indústria farmacêutica e quais foram os caminhos que trilhou até a abertura da sua própria empresa a Biolab, há cerca de 23 anos atrás.

Apesar de estar no setor que menos foi impactado pelo momento que vivemos, o executivo se mostra otimista com as possibilidades de vacinas ainda para 2020 e conta o que vislumbra para o futuro.

Uma vez que foi nesse período que a medicina pode implementar tecnologia, a indústria farmacêutica pode acompanhar, com o lançamento da prescrição virtual.Mas, já adiantou que não acredita que perderemos a visita presencial do propagandista nos consultórios médicos.

Confira na integra nosso bate papo e entenda o que mais o Cleiton Marques dividiu conosco!

Na segunda parte de nossa entrevista, Cleiton Marques, dividiu conosco as ações da Anvisa e Ministério da Saúde assim que foi decretado o estado de pandemia no país. Atitudes que foram cruciais para que a indústria conseguisse continuar atendendo a população.

O executivo comentou também sobre a dependência dos países que foram atingidos primeiro pelo covid-19, China e India e o que isso representou para a indústria farmacêutica em termos de inovação.

Além dessas questões também falamos sobre: transformação digital, home office, previsibilidade de retorno para os escritórios e expectativas com relação a vacina para prevenção do covid-19.
Confira na integra nosso bate papo!

Gostou dessa entrevista?

Se você quiser ficar por dentro das ações que as principais companhias do Brasil e do mundo estão tomando, acompanhe nossas entrevistas e Lives.

Favorite a página e não perca nossos conteúdos exclusivos, feitos com executivos para executivos na construção de um País melhor.