Tecnologia 5G irá gerar US$ 2,7 bilhões em novos negócios no Brasil__

A adoção do 5G cresce em ritmo acelerado no mundo e mesmo em meio a crise econômica, fruto da pandemia de Covid-19, as organizações brasileiras não abrem mão dessa nova tecnologia. Além de permitir que as empresas controlem todas as suas ferramentas e dispositivos de forma prática, remota e inteligente, o 5G, atrelado à Internet das Coisas (IoT), é capaz de informar sobre gargalos e falhas nos sistemas. Excelente estratégia para as equipes de TI agirem com antecedência e repararem problemas sem prejuízos.

A Internacional Data Corporation (IDC) estima que, “nos anos 2021-2022, o 5G vai gerar US$ 2,7 bilhões em novos negócios no Brasil envolvendo tecnologias como inteligência artificial, realidade virtual e aumentada, internet das coisas, nuvem, segurança e robótica”.

“O 5G ficará mais comum no segmento B2B, entregando baixa latência e alta densidade de conexões e rompendo barreiras de conectividade que restringiam a adoção de outros serviços”, afirma Luciano Saboia, gerente de consultoria e pesquisa em Telecom da IDC Brasil.

5G: Era da hiperconectividade

Entraremos na Era da hiperconectividade com o 5G, o que mudará não só a vida das pessoas como das empresas. A tecnologia é o passaporte para acelerar o avanço da digitalização no Brasil rumo à Industria 4.0, contribuindo para a automação e a integração de diferentes tecnologias: robótica, Inteligência Artificial (IA) e Internet das Coisas (IoT).

É um novo mundo. Com mais velocidade de processamento e sem fios conectados às máquinas, o que aumenta a produtividade e gera vantagem competitiva. Por isso, o 5G contribuirá e muito para que a Indústria 4.0 no Brasil avance e se torne uma realidade menos distante.

Por estar mergulhado nos últimos anos em uma crise econômica, que só se agravou com a pandemia de Covide-19, o Brasil retardou o processo de digitalização da industrial nacional. Mas mesmo diante de tantas dificuldades, pesquisa recente da Confederação Nacional da Indústria (CNI) mostra que 82% das grandes empresas pretendem investir em 2021.

Leia matéria: Indústria 4.0 no Brasil: setor ainda engatinha frente ao cenário global.

O ano de 2021 será marcado pela massificação do 5G

Estudos do IDC, no Brasil, além de afirmar que 2021 será o ano da massificação do 5G, o mercado de TI irá crescer cerca de 7%. Isso mesmo diante da crise econômica, que se agravou no País com a pandemia.

De acordo com o IDC, os investimentos vão se basear em segurança, inteligência artificial, nuvem pública, modernização de sistemas de gestão de softwares (ERPs) e experiência do cliente. E as prioridades serão: aumentar a produtividade, reduzir os custos, balancear digital e físico, introduzir produtos e serviços novos e/ou aprimorados, e melhorar a aquisição e retenção de clientes.

Leia aqui: Previsões da IDC para 2021 apontam que mercado de TI crescerá 7%.

Tendências: mercado TI no Brasil

Tendências do mercado brasileiro de TI e Telecom para 2021 de acordo com a IDC Brasil:

1. 5G na rota da massificação

2. Conectividade tendo maior relevância estratégica

3. Edge: da borda para o centro das decisões

4. Avanço da nuvem como elemento-chave na infraestrutura de TI

5. Avanço da inteligência artificial embarcada em outras tecnologias

6. Novo contexto de nuvem e colaboração impulsionará soluções de segurança

7. Aumento da migração de plataformas de gestão para a nuvem

8. Reinvenção do mercado de impressão suportado por hardware, software e serviços

9. A ascensão dos Smart Home Devices

10. Forte retomada de notebooks e tablets

Para se aprofundar sobre estes e outros assuntos que envolvem os sucessivos desafios que a tecnologia da informação impõe, participe do Sab I CIO – a reunião virtual terá cerca de 50 executivos da área. Clique aqui para mais informações.

Gostou deste artigo? Confira mais em nosso blog e compartilhe nas redes sociais!

Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
Email
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Open chat
Estamos online!
Olá 👋🏻
Podemos te ajudar?