“Um novo jeito de trabalhar”: livro revela detalhes sobre processos de recrutamento e seleção do Google__

“Um novo jeito de trabalhar” (Work Rules), livro escrito por Laszlo Bock, ex-vice presidente sênior de operações de pessoal do Google, revela detalhes sobre os processos de recrutamento e seleção da gigante do Vale do Silício. Além de evidenciar a importância da cultura dentro da organização e as ferramentas de gestão e avaliação de pessoas da companhia, considerada uma das melhores para se trabalhar no mundo.

“Não é justo que a experiência no trabalho seja tão desmotivadora e desumana quanto se vê por aí”, afirma Bock, co-fundador e CEO da Humu, plataforma criada com intuito de auxiliar a produtividade de empresas por meio de recursos humanos. No livro, o ex-chefe de RH do Google mostra como a filosofia certa de trabalho é capaz de atrair e reter os melhores talentos para o seu negócio garantido que os profissionais se desenvolvam, tenham sucesso e sejam felizes.

Ações na prática: “Um novo jeito de trabalhar”

O autor dá exemplos de ações, na prática, que melhoraram o desempenho e a satisfação dos funcionários. O bacana é que são procedimentos que nos fazem refletir. Leia alguns abaixo:

  • Aprenda com os melhores funcionários – e também com os piores;
  • Tire o poder dos gerentes e confie em seu pessoal;
  • Contrate apenas pessoas melhores que você em alguma coisa, não importa quanto tempo isso leve;
  • Não confie somente no instinto: use dados para prever e moldar o futuro;
  • Faça da transparência o padrão e esteja aberto para receber feedback;
  • Se você estiver confortável com a liberdade que deu a seus funcionários, não deve ter dado liberdade o bastante.

Transparência nas ações e experimentos

Eleito um dos melhores livros de negócios pela The Economist, Forbes e Business Insider, a obra também traz reflexões sobre os desafios de se aplicar uma nova forma de gestão de pessoas fazendo cair por terra hierarquias e cadeias de controle.

O autor ressalta ainda, no livro, a importância da transparência nas ações e experimentos, principalmente quando forem por tempo determinado, para teste ou por motivos que podem deixar de existir.

Abaixo, leia os 8 atributos que um bom gestor de RH deve ter, segundo o autor, e conheça as 10 crenças do Google:

8 atributos do Projeto Oxigênio (como ser um bom gestor de RH?)

– Ser um bom orientador

– Capacitar (ou empoderar) a equipe e não microgerenciar

– Expressar interesse/preocupação pelo sucesso e bem-estar pessoal dos membros da equipe

– Ser muito produtivo e voltado para resultados

– Ser um bom comunicador – ouvir e compartilhar informações

– Ajudar a equipe no desenvolvimento da carreira

– Ter uma visão/estratégia clara para a equipe

– Ter competências técnicas importantes que ajudem 

As 10 crenças do Google são:

  1. Concentre-se no usuário e todo o resto será consequência
  2. É melhor escolher uma coisa e fazê-la muito bem
  3. Rápido é melhor que devagar
  4. A democracia funciona na web
  5. Você não precisa estar em sua mesa para precisar de uma resposta
  6. É possível fazer dinheiro sem fazer o mal
  7. Sempre haverá mais informações
  8. A busca por informações cruza todas as fronteiras
  9. É possível ser sério sem usar terno
  10. Excelente ainda não é o suficiente

“Um novo jeito de trabalhar”- onde encontrar o livro: clique aqui

Para se aprofundar mais sobre o tema gestão de pessoas, participe do HR Key People Analytics  – Encontro digital que reunirá líderes da área (vagas limitadas: cerca de 50 executivo.

Gostou deste artigo? Confira mais em nosso blog e compartilhe nas redes sociais!

Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
Email
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Open chat
Estamos online!
Olá 👋🏻
Podemos te ajudar?