Varejo e Big Data__

Este artigo foi escrito por Ronaldo Canteiro Conceição, Head of BI,  Analytics, Big Data na DPaschoal, especialmente para a ebdi.

Qual o “real” valor dos Dados para o Varejo Moderno?

Qual o “real” valor dos Dados para o Varejo Moderno? Neste artigo você confere diferentes insights sobre Big Data no Varejo, boa leitura!

Varejo e Big Data

Em muitas ocasiões, eventos, webinars, comunidades e etc., que estive nos últimos 2 anos todos eram unânimes em afirmar que o “real” valor dos dados para o Varejo era o quanto de Insights podíamos extrair dos bilhões de dados gerados nas transações mais comuns do mercado Varejista, físico, on-line, B2C, porta a porta e o que mais houvesse disponível.

Muitos desafios, dores e conquistas eram discutidas em cima deste importante tema.

Inclusive sempre a questão pautada era “de que adianta eu ter uma montanha de dados em meu Big Data se não sei como explorar e retirar corretamente os insights dele?”.

Levando muito para o lado do dilema entre TI e Negócio, onde o primeiro brigava por otimizar custos de Operação – uma vez que não é nada barato desenvolver e sustentar um ambiente Big Data – e o segundo afirmando sempre que o diferencial competitivo da empresa era justamente ter um Big Data para extrair informações de valor e melhorar resultados.

Porém na maioria das vezes nenhum dos lados estava certo em suas defesas, pois declinavam o principal indicador que mostra se estamos no caminho certo ou não, que é o ROI (Return over Investiment).

Sei que não é nada fácil desenvolver uma medida que consiga mostrar o balanceamento entre os gastos/investimentos no ambiente de Big Data & Analytics, com os resultados que o negócio está conseguindo obter com isso ao longo do tempo.

Sinergia entre tecnologia e negócios - Big Data & Analytics

Na minha visão o segredo do sucesso para isso é a “sinergia” entre tecnologia e negócios, ou seja, literalmente ambos tem que estar de braços dados o tempo todo, com o mesmo grau de responsabilidade sobre os resultados, onde a transparência total será o diferencial nessa parceria.

Pois no papel de TI tenho que mostrar abertamente ao negócio o quanto invisto em infra, sistemas, inovação etc., e do outro lado as áreas de negócio precisam mostrar o resultado/melhoria obtida com a ajuda da tecnologia associada aos dados.

Sei que minha afirmação parece “chover no molhado” para muitos, mas vamos ser realistas né pessoal?

Ainda existe sim muito conflito entre área de negócio e TI, onde literalmente aquele cabo de guerra aparece em várias situações, e quando vamos ver temos TI acusando a área de negócio de ter feito o pedido errado ou a área de negócio acusando a TI de não ter entendido o que foi pedido.

É um fato da vida!

Transformação Digital em Varejo com Big Data

A tão famigerada Transformação Digital não é somente transformar nossos negócios com Digitalização, Omnichannel, Bots, RPA, Machine Learning, IA e etc., mas também ocorrer junto com isso a transformação cultural da empresa e de seus colaboradores, com muita sinergia e empatia entre as áreas de negócio, onde TI vive e entende mais o negócio e vice-versa.

Voltando ao início, onde está então o “real” valor dos dados para o Varejo Moderno?

Essa pergunta pode ter várias respostas, mas nenhuma será definitiva, uma vez que a velocidade da mudança hoje é muito maior do que antes e vejo que na realidade os insights de valor para o varejo já foram descobertos.

O que realmente passa a fazer diferença daqui em diante é o quão ágil poderemos ser para coletar, processar e utilizar os dados na tomada de decisão imediata e automatizada por IA.

Uma vez que a próxima geração de consumidores é aquela que tudo faz de forma “imediata” com seu celular, rede social, aplicativo de mensagens, carteira digital, e o que mais estiver disponível.

Confira mais artigos em nosso blog!

Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
Email
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter