Livros que todo profissional de RH precisa ler__

A transformação digital tem exigido muitas mudanças dentro das organizações, a começar pela cultura organizacional. E a área de gestão de pessoas é fundamental para ajudar neste processo. E, por isso, nesta matéria, selecionamos 6 livros que todo profissional de RH precisa ler para crescer em sua carreira.

Isso porque para se capacitar, reciclar, é preciso conhecer experiências de sucesso, que podem ser lidas nas obras abaixo.

Confira: livros que todo profissional de RH precisa ler

1 – Descubra seus pontos fortes, de Marcus Buckingham e Donald O. Clifton

Os autores Marcus Buckingham e Donald O. Clifton evidenciam nesta obra a importância de se dar atenção aos pontos fortes dos funcionários. Segundo ele, a maioria das empresas prefere investir tempo e dinheiro na tarefa de corrigir suas fraquezas, achando que desse modo as pessoas atingirão a excelência.

O livro também revela que os profissionais bem-sucedidos compartilham um segredo simples: usam suas energias para aprimorar aquilo que fazem melhor, deixando seus pontos fracos em segundo plano. E, assim, tornam-se cada vez mais competentes, produtivos e felizes.

Essa, portanto, é uma obra que vai te ajudar a aprimorar os talentos de sua equipe. Como? O livro traz um programa em torno do teste “Descubra a fonte de seus pontos fortes”.

Onde encontrar o livro: clique aqui

2- Garra – O poder da paixão e da perseverança, de Angela Duckworth

A psicóloga Angela Duckworth revela, neste livro, que o segredo para atingir o sucesso não é o talento e sim a nossa garra. E para defender essa teoria, a autora usa sua própria história como exemplo. Filha de um cientista que, com frequência, notava sua falta de “genialidade”, Duckworth, agora professora e pesquisadora renomada, descreve as primeiras revelações que a levaram à hipótese de que não é a “genialidade” que realmente conduz ao sucesso, mas uma combinação especial de paixão e perseverança.

Na obra a psicóloga destaca conceitos e insights fascinantes buscados tanto na história quanto nos mais modernos experimentos sobre alta performance. Ela compartilha com o leitor o que aprendeu ao entrevistar dezenas de pessoas bem-sucedidas nos mais diversos campos de atuação: do CEO do J. P. Morgan a um cartunista da The New Yorker e um treinador da National Football League, entre outros.

Onde encontrar o livro: clique aqui

3. Inteligência Emocional, de Daniel Goleman

Daniel Goleman, considerado o papa da inteligência emocional, transforma neste livro a maneira de pensar a inteligência. Como consequência, alterou práticas de educação e mudou o mundo dos negócios. Das fronteiras da psicologia e da neurociência, o autor  trouxe o conceito de “duas mentes” – a racional e a emocional – e explicou como, juntas, elas moldam nosso destino.

“A consciência das emoções é fator essencial para o desenvolvimento da inteligência do indivíduo”, afirma Goleman na obra. Partindo de casos cotidianos, o autor mostra como a incapacidade de lidar com as próprias emoções pode minar a experiência escolar, acabar com carreiras promissoras e destruir vidas.

“O fracasso e a vitória não são determinados por algum tipo de loteria genética: muitos dos circuitos cerebrais da mente humana são maleáveis e podem ser trabalhados”, explica o autor.

Utilizando exemplos marcantes, Goleman descreve as cinco habilidades-chave da inteligência emocional e mostra como elas determinam nosso êxito nos relacionamentos e no trabalho, e até nosso bem-estar físico.

Onde encontrar o livro: clique aqui

4. Equipes 100% Energizadas, de Heike Bruch e Bern Vogel

Neste livro, os autores Heike Bruch e Bern Vogel ensinam como impulsionar a energia positiva de sua equipe, de sua empresa. Eles oferecem ferramentas e estratégias que podem ajudá-lo a desenvolver essa importantíssima habilidade. Para começar, os autores mostram como usar a matriz energética organizacional para diagnosticar o estado de energia de sua própria empresa.

Depois de avaliar a intensidade (alta ou baixa) e a qualidade (positiva e negativa) da energia presente em seu departamento de RH, por exemplo, é possível mapear seu estado atual:

  • Energia produtiva: alto nível de envolvimento emocional e demonstrações de perseverança, alerta mental, bastante atividade, velocidade e produtividade
  • Energia confortável: forte percepção de satisfação e identificação por parte dos funcionários, combinadas com inércia e baixo nível de atividade.
  • Inércia resignada: Percepção de frustração e cinismo por toda a empresa, além do baixo nível de comprometimento dos funcionários.
  • Energia corrosiva: Comportamentos destrutivos e agressivos, como politicagens, resistência a mudanças e maximização de ganhos pessoais.

Além disso, os autores mostram a importância de aproveitarmos nosso potencial para atingirmos nossas metas. Afinal, altos níveis de paixão, esforço e agilidade nos torna muito mais inovadores.

Onde encontrar o livro: clique aqui

5. Conversas Cruciais, de Kerry Patterson

Neste livro, Kerry Patterson dá dicas preciosas para você saber identificar e agir quando estiver lidando com problemas profundos, persistentes e resistentes. O conjunto de exercícios que a obra apresenta ampliará sua capacidade de comunicar-se de maneira clara, assertiva e objetiva.

Ao praticar os ensinamentos de Patterson, você utilizará uma metodologia baseada na ciência e na arte da comunicação eficaz com familiares, pessoas próximas, colegas de trabalho, líderes e liderados.

Onde encontrar o livro: clique aqui

6 – Acaso Premeditado, de Osório R. Santos

Para a ciência atual, a consciência é mero produto das conexões do cérebro, consequência de um aparato físico bem desenvolvido, ao longo de bilhões de anos de evolução. Ou seja, morre o cérebro, morre a consciência. No entanto, será apenas isso?

Para além de pensamentos, sentimentos, emoções, a totalidade do nosso ser está de fato unicamente ancorada no cérebro? Ou ainda, nossa consciência é só efeito colateral de uma estrutura física aleatoriamente aperfeiçoada? Ou, na verdade, é o contrário: o cérebro humano tem se desenvolvido, processo contínuo, em função de criar condições para manifestar uma consciência aprimorada no ritmo da evolução.

Essa provocação original é o ponto de partida de “Acaso Premeditado”, de Osório R. Santos. Psicanalista de formação, livre estudioso da teoria junguiana e da psicologia evolutiva, o autor nos oferece um ensaio filosófico sobre as origens da vida na Terra e da consciência — não apenas a consciência individual humana, mas a consciência inerente a qualquer forma de vida: reinos animal, vegetal e mineral.

A obra mostra que, acessar verdades científicas ― estudadas pela Neurociência, pela Física Quântica ou pela Psicologia ―, de forma mais ampla, conectando dados com percepções, podem criar uma base para o entendimento de elementos da vida que passam a fazer mais sentido.

Onde encontrar o livro: clique aqui

Leia também: Cultura organizacional inovadora: invista nas habilidades e competências de seus colaboradores

Gostou deste artigo? Confira mais em nosso blog e compartilhe nas redes sociais!

Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
Email
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Open chat
Estamos online!
Olá 👋🏻
Podemos te ajudar?