ESG: alavanca para o sucesso das instituições financeiras

compartilhe este artigo:

Por Christine Salomão, jornalista – diretora de conteúdo da ebdi. ESG: alavanca para o sucesso das instituições financeiras.

Nos últimos anos, a adoção de práticas ESG (Ambientais, Sociais e de Governança) tem se consolidado como uma alavanca essencial para o sucesso das instituições financeiras. Esse movimento reflete uma crescente conscientização de que a sustentabilidade e a responsabilidade social não são apenas imperativos éticos, mas também componentes cruciais para a longevidade e a rentabilidade no setor financeiro.

E o mercado está cada vez mais atento às práticas ESG, com muitos investidores institucionais e fundos de investimento priorizando empresas que demonstram comprometimento com esses critérios. O que sinaliza que a adoção de práticas ESG não é apenas uma resposta às demandas sociais e ambientais contemporâneas, mas também uma estratégia inteligente para as instituições financeiras.

Aquelas que lideram nesse campo tendem a se destacar pela resiliência, pela capacidade de inovação e pela construção de um valor sustentável a longo prazo. Afinal, em um mundo onde a sustentabilidade está se tornando um requisito indispensável, integrar ESG às operações financeiras é um passo fundamental para assegurar o sucesso presente rumo ao futuro.

Segundo pesquisa da EY, “a demanda dos investidores é um dos principais impulsionadores do crescimento no mercado de dados ESG. Instituições financeiras com fortes propostas ESG são cada vez mais vistas como desfrutando de uma vantagem competitiva sobre seus pares”.

Esse fator de atração, segundo o relatório, “é reforçado por um forte impulso da regulamentação, que continua a moldar ativamente os mercados de dados ESG. Mais instituições estão se enquadrando no escopo das regras obrigatórias de divulgação europeia, e as regulamentações emergentes nos EUA e na Ásia prometem estimular a demanda em outros mercados.”

Nos próximos anos, diversas tendências prometem revolucionar os  serviços financeiros. O conceito de Open Finance, por exemplo, com sua abordagem inovadora, que vai além do Open Banking, permitirá uma integração ainda mais ampla e colaborativa entre diferentes serviços financeiros. Essa abertura cria um ecossistema mais dinâmico, onde os usuários podem acessar uma variedade de produtos financeiros de maneira integrada, proporcionando uma experiência mais personalizada e eficiente.

A introdução do Drex, o real digital, representa um avanço importante na transformação das moedas tradicionais. Esse desenvolvimento, baseado em tecnologia blockchain, tem o potencial de simplificar transações, aumentar a eficiência e reduzir custos, além de abrir portas para novos modelos de negócios e serviços financeiros inovadores.

A tokenização, por sua vez, ganha destaque como uma tendência que promete transformar ativos tradicionais em tokens digitais, facilitando a negociação e a transferência de valor de forma mais eficiente e segura. Isso pode abrir novas oportunidades de investimento e democratizar o acesso a ativos que historicamente eram menos acessíveis.

Já a IA continua a ser um pilar fundamental na evolução dos serviços financeiros. Desde a automação de processos até a personalização de serviços, a IA promete aprimorar cada vez mais a eficiência operacional e proporcionar experiências mais adaptadas às necessidades individuais dos usuários.

Essas tendências não apenas refletem avanços tecnológicos, mas também respondem às demandas crescentes por mais acessibilidade, eficiência e inovação nos serviços financeiros. À medida que essas transformações se consolidam, é possível antever um cenário em que a interconexão de plataformas, a digitalização de ativos e a inteligência artificial se combinam para moldar um ecossistema financeiro mais ágil, inclusivo e orientado para o futuro.

Para se aprofundar sobre esse e outros assuntos, participe do SAB CIO Financial Services 2024. Realizado pela EBDI, o  Encontro, uma imersão de 3 dias, reunirá os principais líderes de tecnologia do País. Para mais informações, clique aqui (vagas limitadas).