Novo marketing: voltado para o comportamento humano__

“Se você criar um caso de amor com seus clientes, eles próprios farão sua publicidade”. Essa frase de Philip Kotler, o pai do marketing moderno, mostra a importância de as empresas conhecerem e compreenderem a fundo seu público-alvo, atendendo suas necessidades e desejos. 

Com o avanços tecnológicos, surgiu uma nova forma de as empresas se comunicarem com o mercado e o foco passou a ser o ser humano e não o produto. Antes de tudo, a marca precisa entender que o cliente têm necessidades, sentimentos, expectativas, desejos, o que interfere diretamente na intensão de compra.

Um marketing que não interrompa as atividades dos clientes se tornou imprescindível nos dias de hoje. É preciso alcançar o público-alvo na hora certa e com o conteúdo adequado. Essa nova estratégia de abordar as pessoas substitui cada vez mais os anúncios invasivos. Agora é a vez do content marketing, da busca orgânica e de estudar o comportamento do ser humano.

Novo marketing & cultura da empresa

Mas migrar para ações de marketing focadas no ser humano é uma das maiores dificuldades das empresas na era digital. A estratégia de inbound marketing tem solucionado parte dos problemas enfrentados pelos profissionais do setor. Agora, isso não muda a cultura da maioria das organizações que nasceu voltada para o produto.

Antes mesmo de criar o negócio, as Startups, por exemplo, realizam testes primários para transformar ideias em produtos. Realizam pesquisas de mercado e escutam, analisam o comportamento do consumidor dentro de um determinado setor. E passam a sentir suas dores e pensar como eles.

Para ilustrar, podemos citar o setor de transporte. A Uber abocanhou grande parte do mercado porque identificou a insatisfação das pessoas na hora de pegar um taxi. Além de caro, o serviço estava longe de ser como de “um motorista particular”. Um desejo que muitos de nós tínhamos: ter “alguém” para nos buscar e levar para qualquer lugar, durante 24h, sem gastar muito.

Segundo Victor Bialski, corporate communication director da PSA-Group, “as organizações que não mudarem de forma radical e contínua não sobreviverão ao altamente competitivo ambiente atual de negócios. Os seus colaboradores, da mesma forma, devem estar preparados para enfrentar desafios que exigirão a adoção de comportamentos até então inéditos”.

Na visão do executivo “não é exagerado afirmar que, sem um novo mindset, alcançado após uma profunda transformação cultural de toda sua equipe, nenhuma empresa triunfará. Afinal, ela pode se modernizar, investir em processos, sistemas e equipamentos, mas são as pessoas e o seu modo de pensar que, em última instância, determinarão se terá ou não um futuro”. Leia o artigo: Dez mandamentos para um endomarketing eficiente.

O cliente busca você

O acesso à Internet mudou completamente a maneira do consumidor agir. Hoje, é ele quem busca a empresa na hora de comprar um produto ou serviço. E a maior parte deles só acredita nos resultados orgânicos, além de levar em consideração as avaliações dos usuários. São os comentários – positivos ou negativos – que irão dizer o quanto as marcas atenderão suas necessidades. 

Mas para crescer nas buscas orgânicas, as marcas precisam investir em uma estratégia eficiente de content marketing, com estratégia SEO. Seus canais de comunicação devem ser alimentados com informações  relevantes. Sem existir uma intenção comercial direta, como nas campanhas publicitárias, pois o objetivo é colocar o consumidor no “funil de vendas” sanando suas dúvidas sobre determinado assunto.

Uma das formas de se aprofundar sobre estes e outros assuntos que envolvem o novo marketing é debatendo com profissionais da área. Participe do Marketing Innovation a reunião virtual terá cerca de 50 executivos.

Gostou deste artigo? Confira mais em nosso blog e compartilhe nas redes sociais!

Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
Email
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Open chat
Estamos online!
Olá 👋🏻
Podemos te ajudar?