Benefícios que fazem a cabeça dos colaboradores__

Os benefícios que fazem a cabeça dos colaboradores atualmente são os voltados para o bem-estar. Já foi o tempo que uma empresa atraia e retinha talentos por salário. A era digital abriu um leque de oportunidades para quem quer empreender e a crise pandêmica de Covid-19 reforçou ainda mais a importância de se viver com propósito.

Isso está gerando um sério problema no mundo corporativo, pois as organizações precisam fazer com que seus colaboradores abracem suas missões. Uma tarefa nada fácil quando o trabalho colaborativo ganha cada vez mais força e o engajamento dos times se dará pela causa e não pelo valor recebido.

Claro que benefícios básicos são desejáveis. Um estudo da Hays Brasil mostrou que 95% das empresas disponibilizam aos seus funcionários seguro saúde (74%), seguidos de seguros odontológico (64%) e de vida (62%). Mas existem outros muito mais cobiçados e que fazem toda a diferença, principalmente na hora de contratar.

Benefícios cobiçados

Flexibilidade de horário, por exemplo, é o tipo de benefício que a maioria das pessoas deseja hoje no mercado corporativo. Tanto que muitas empresas começaram a flexibilizar as jornadas de trabalho mesmo antes da pandemia. E o home office é uma tendência que veio para ficar.

Essa nova forma de trabalho a distância, além de proporcionar mais liberdade e independência na tomada de decisões, faz com que o colaborador tenha foco e desenvolva seu trabalho em menos tempo. Ele não precisa se deslocar, almoçar na hora determinada pela companhia etc. E ainda consegue conciliar ofício e lazer.

Além disso, as empresas saem ganhando com a redução de custos. Estruturas gigantes para as equipes trabalharem não são mais necessárias, entre outros gastos operacionais como vales refeição e transporte para os funcionários. O que realmente importa neste modelo não é o número de horas trabalhadas e sim os resultados apresentados pelos colaboradores.

Poder contratar talentos de outras regiões do País, até mesmo estrangeiros, é outra vantagem do trabalho remoto. Muitas vezes, o departamento de Recursos Humanos elimina um excelente candidato ao cargo porque ele mora longe da empresa ou em outro Estado.

Participação nos lucros

Não adianta abraçar a missão da empresa se o colaborador não se sente parte dela na hora de colher o que o time plantou. Por isso, oferecer participação nos lucros para as equipes é extremamente motivacional, além de gerar vantagem competitiva. Todos se unem ainda mais em busca de excelência em seus trabalhos.

Universidade Corporativa

Empresas que investem em Universidades Corporativas (UC)  visando o desenvolvimento profissional de seus colaboradores também conseguem atrair bons talentos. Afinal, organizações que apostam no capital humano têm um ambiente de trabalho motivador.

Leia aqui a matéria: Universidade Corporativa: sua organização investe no capital humano?

Outro benefício cobiçado pelos colaboradores é o incentivo financeiro para a participação em palestras, cursos, mentorias etc. Muitas empresas no mundo já estão oferecendo essa vantagem aos seus times, o que tem contribuído para o crescimento da produtividade no ambiente de trabalho.

Uma das formas de se aprofundar sobre esses e outros assuntos que envolvem a gestão de pessoas é debatendo com profissionais da área de recursos humanos. Participe do HR Rewards – a reunião virtual terá cerca de 50 executivos. Clique aqui para mais informações.

Gostou deste artigo? Confira mais em nosso blog e compartilhe nas redes sociais!

Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
Email
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Open chat
Estamos online!
Olá 👋🏻
Podemos te ajudar?