Dicas para mudar de carreira depois dos 40 anos__

Para mudar de carreira depois dos 40 anos, você precisa “pensar fora da caixa”. Ou seja, de uma forma inovadora, criativa, que vai muito além dos padrões convencionais. Atualmente, com os avanços tecnológicos, o que não faltam são oportunidades para empreender, prestar consultoria, ou utilizar de toda a sua experiência para criar projetos diferenciados para grandes empresas.

Em um mundo tão competitivo como o de hoje, organizações renomadas perdem cada vez mais espaço para as empresas da chamada nova economia. Isso porque as startups estão criando modelos de negócios até então impensáveis, cujo foco é atender às necessidades do ser humano e o bem-estar dos colaboradores (produtividade é o que importa e não horas de trabalho).

Isso está gerando um sério problema no mundo corporativo, pois as organizações precisam fazer com que seus colaboradores abracem suas missões. Uma tarefa nada fácil quando o trabalho colaborativo ganha cada vez mais força e o engajamento dos times se dará pela causa e não pelo valor recebido. Leia a matéria: Benefícios que fazem a cabeça dos colaboradores.

Diante disso, ficou muito mais fácil para profissionais experientes oferecerem consultorias e projetos inovadores para grandes companhias, que precisam se reinventar para continuar operando. Agora, se você quiser investir na careira solo e começar uma negócio, esse é o momento. A Internet cresce a passos largos e pequenas empresas têm a oportunidade de faturar muito no mercado online, com poucos recursos iniciais.

Como mudar de carreira depois dos 40 anos?

Claro que para se destacar no mercado online você precisa ter uma ideia inovadora. Que nada mais é que um novo olhar sobre os setores de mercado, até mesmo os mais saturados. O livro: “A estratégia do oceano azul” – autores: W. Chan Kim e Renée Mauborgne – nos faz refletir sobre isso.

A obra – um fenômeno global, com cerca de 3,6 milhões de exemplares vendidos,  é leitura obrigatória para quem quer empreender justamente por  trazer uma abordagem inovadora de entrada no mercado e criação de novos espaços chamados pelos pesquisadores de “o oceano azul”. Leia a matéria: Dicas de gestão financeira para pequenas empresas.

Estudar algo novo ou aprimorar conhecimentos na sua área de atuação também são formas de se reinventar no mercado de trabalho. Um diretor de marketing renomado de um ramo específico, por exemplo, pode fazer um MBA em Comunicação Digital e criar estratégias (via consultoria) para as empresas do setor que necessitam expandir suas ações online.

Outras dicas para mudar de carreira

Para ser bem-sucedido no mundo corporativo, você precisa fazer o que gosta. Analise suas habilidades e interesses e aposte todas as suas fichas no ofício que te faz feliz. A maior parte das pessoas acredita que o empenho leva ao sucesso. E, se alcançarmos o sucesso, seremos felizes.

Mas, de acordo com Shawn Achor, autor de “O jeito Harvard de ser feliz”, pesquisas nos campos da Psicologia Positiva e da Neurociência comprovam que a relação entre sucesso e felicidade funciona de maneira inversa, pois é a felicidade que impulsiona o sucesso. Leia a matéria: Felicidade no trabalho: “O jeito Harvard de ser feliz”.

Ativar o networking também é importante para quem busca novas oportunidades. O Linkedln, por exemplo, é a rede social certa para você rever contatos e conhecer profissionais do ramo de atuação do seu interesse. Movimente o seu perfil compartilhando artigos interessantes, comentando publicações e enviando convites para que os profissionais possam conhecer seu trabalho. Quem não é visto, não é lembrado e pode perder grandes oportunidades.

Gostou deste artigo? Confira mais em nosso blog e compartilhe nas redes sociais!

Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
Email
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Open chat
Estamos online!
Olá 👋🏻
Podemos te ajudar?