Finanças 4.0 e seus impactos na atualidade__

Na era dos dados e na tomada de decisão baseada em análises, a Finanças 4.0 surge como um dos reflexos gerados pela transformação digital. O conceito marca o início de uma evolução na gestão financeira dos negócios, em que tarefas manuais, burocráticas e repetitivas abrem espaço para a automação, softwares, análises e predição.

Além de aplicação tecnológica de alto nível em rotinas financeiras e administrativas, com objetivo de elevar a produtividade das tarefas envolvidas nesses setores, a Finanças 4.0 auxilia ao máximo na gestão empresarial e na tomada de decisões. 

Com isso, o setor financeiro passa a agregar mais valor aos negócios, deixando de ser somente um centro de custos e um suporte obrigatório para as áreas de vendas, compras etc.

Finanças 4.0: impactos

Não somente a indústria será impactada pela inovação, mas todos os setores do mercado corporativo. Com os avanços tecnológicos, é possível reduzir custos, aumentar a produtividade, além de administrar melhor os recursos das empresas. O que coloca o setor financeiro em evidência.

A inteligência artificial, por exemplo, contribui para que as empresas produzam mais e melhor a cada dia. E isso tanto do ponto de vista operacional quanto administrativo.

Por isso, na era digital, gestores financeiros terão um papel cada vez mais estratégico dentro das organizações. Mas também não é para menos. Eles podem utilizar de toda a capacidade e agilidade das máquinas, softwares etc para alcançar seus objetivos.

Relacionamento com o cliente

A melhoria do relacionamento entre clientes e fornecedores de serviços financeiros é uma das vantagens da Finanças 4.0. Afinal, os profissionais de finanças podem acompanhar todos os dados da empresa em tempo real e sem restrições geográficas.

Os recebimentos, por exemplo, podem ser visualizados por intermédio de plataformas online. Uma excelente forma de o financeiro fazer a “previsibilidade”: programar, antecipar e negociar pagamentos. Outro benefício é o envio de notas fiscais por e-mail para quem realizou o pagamento. Além da agilidade, reduz o consumo de papel. Leia a matéria: Gestão financeira na era digital.

Construa cenários mais assertivos

Profissionais do setor financeiro tendem a ser mais inflexíveis, o que não cabe mais na era digital. Com as novas tecnologias, é possível construir cenários mais assertivos, o que é um ganho para o crescimento da organização, além de gerar vantagem competitiva. Por isso,  o CFO vê atualmente a transformação digital como uma aliada no sucesso da organização.

Mas para ser bem-sucedido em sua jornada, o CFO precisa expandir seus conhecimentos tecnológicos e ficar antenado às inovações que permeiam o setor financeiro: segurança cibernética, análise de big data, software como serviço etc. Entender as tecnologias disponíveis é o primeiro passo para evitar investimentos de risco e focar nos que trazem benefícios. Leia a matéria: 5 dicas de como ser um CFO de sucesso.

Para se aprofundar mais sobre esse e outros assuntos, participe do Encontro: Consumer Credit Trends. A reunião terá cerca de 50 executivos (vagas limitadas). Clique aqui para saber mais.

Gostou deste artigo? Confira mais em nosso blog e compartilhe nas redes sociais!

Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
Email
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Open chat
Estamos online!
Olá 👋🏻
Podemos te ajudar?