Philip Kotler: Administração de Marketing__

“Conte histórias que conectam”, escreveu Philip Kotler, em 1967, ao lançar o livro “Administração de Marketing”. E essa foi apenas uma das lições que o pai do marketing moderno ensinou nesta obra visionária – mais atual que nunca na era digital. Tanto que o “storytelling” se tornou a bola da vez na geração de leads, pois sua narrativa não é focada em produtos ou serviços, mas no comportamento humano.

Mas sabemos o quanto é difícil para o CMO mudar a cultura de uma organização, cujos pilares da comunicação externa são produtos ou serviços. Uma mentalidade que perde cada vez mais espaço para novos empreendedores obstinados a atender às necessidades dos clientes. As startups, por exemplo, são bons exemplos da importância de se estudar o comportamento humano para se obter vantagem competitiva no mercado atual.

Não é à toa que as empresas da chamada “nova economia” estão criando negócios impensáveis e jogando por terra os mais tradicionais. A Uber, o Airbnb, o iFood, entre outros cases de sucesso, ganharam mercado rapidamente porque detectaram uma insatisfação coletiva na prestação de vários serviços. E passaram a contar histórias de conforto, praticidade e custos baixos, além de atenderem desejos.

E é justamente isso que Kotler ressalta ao explicar o que é Marketing: “um processo tanto administrativo quanto social pelo qual as pessoas obtêm o que desejam e necessitam através da geração de desejo, oferta e troca de produtos de valor”.

Philip Kotler: ofereça experiências e não só produtos

“É necessário oferecer experiências e não só produtos, tecnologia, ficha técnica”, ensina Kotler. Essa lição mostra o quanto o CMO deve estimular sua equipe a criar campanhas que ofereçam soluções e agreguem valor ao seu público-alvo. Sem demonstrar preocupação com as vendas. O importante é atender às necessidades dos clientes.

A criação de canais de comunicação que ofereçam experiências e benefícios similares também é uma boa estratégia para atrair clientes. Se o consumidor entrar nas redes sociais, lojas físicas ou virtuais da empresa, encontrará ações integradas: as mesmas explicações, formas de pagamento, descontos etc.

Além disso, crie um diálogo permanente com seu cliente todas as vezes que ele acessar suas plataformas de comunicação, pois saber o que ele está pensado é crucial para o desenvolvimento dos negócios.

Inovar é preciso

Outro ponto alto do livro “Administração de marketing é a inovação. “Se o seu negócio não se renovar e inovar ao longo do tempo, ele morrerá”, avisa Kotler. Se essa afirmação fez muitos executivos perderem o sono anos atrás, imagina hoje com os avanços tecnológicos. 

Mas segundo Kotler, um dos grandes erros das organizações – continua no dias de hoje – “é que a inovação é tratada como sinônimo de tecnologia, o que é uma visão limitada”.  De acordo com o pai do marketing moderno, quando uma empresa limita a sua abordagem ao departamento de pesquisa e desenvolvimento, ela perde o potencial criativo dos profissionais de outras áreas.

Inclusive, ao integrar os departamentos e trabalhar o fluxo de informações internas, os colaboradores  passam a entender e compreender melhor a missão, os valores, as  diretrizes da companhia. E tendo uma melhor visão do negócio, conseguem evitar problemas e criar oportunidades para aprimorar produtos ou serviços. Leia matéria: Endomarketing – fluxo de informações é um diferencial competitivo

Participe do CMO – reunião virtual para líderes de marketing que desejam debater com outros profissionais da área sobre os principais desafios do mercado. Vagas limitadas (cerca de 50 executivos). Mais informações: neste link

Gostou deste artigo? Confira mais em nosso blog e compartilhe nas redes sociais!

Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
Email
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Open chat
Estamos online!
Olá 👋🏻
Podemos te ajudar?